domingo, 3 de agosto de 2014

#acampando

(aconselho a ler com sotaque alentejano, irá ter mais piada)

Estou acabadinha de chegar de um fim-de-semana com o Diogo em Évora. Dado que a crise financeira de que falam para aí e que toca a alguns também nos toca a nós, fomos acampar. Depois de 3 séculos a escolher a tenda, 3 dias para decidir o local e 3 horas a fazer a mala, fomos começando a nossa aventura. Correu tudo muito bem! Conhecemos a cidade, aproveitamos a piscina e comemos a bela da carne de porco à alentejana. Tiramos fotografias à turista, pedimos um mapa no posto de turismo e ainda comprei um íman para o frigorífico. Ficámos fascinados com uma caravana movida a controlo remoto, babámos para os grelhados da vizinha do lado e rimo-nos das nossas estacas mal espetadas no chão. Cuscámos as tendas gigantes do vizinhos (uma até tinha um armário com caixas de Chocapic), montámos um estendal improvisado e matámos umas quantas formigas. Ouvimos muito "bonjour" dada a quantidade de franceses no parque, tivemos o prazer de adormecer ao som de grilos e acordámos com o palrar das quinhentas espécies de pássaros existentes nas redondezas. 

Ah... a vida no campo! Pobres mas felizes, porra!




Sem comentários:

Enviar um comentário